SAAS

SAAS

O atendimento/ acompanhamento social da freguesia de Santa Maria da Feira tem como objectivo principal apoiar os indivíduos e famílias em risco, no desempenho das suas funções e responsabilidades, possibilitando-lhes a aquisição de competências pessoais, familiares, relacionais e sociais que promovam a sua integração e participação social.
De forma a atingir os objectivos estabelecidos para o projecto de atendimento/ acompanhamento social são necessárias a realização de várias acções e a implementação de programas de articulação e mediação com outras entidades. Neste sentido, destaca-se o trabalho de parceria e em rede com as várias instituições que fazem parte da Rede Social nomeadamente a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira, o serviço local de Segurança Social, o projecto “Direitos e desafios”, a CPCJ, o Hospital S. Sebastião e o Rosto Solidário.
Dentro deste Serviço são desenvolvidas as seguintes actividades:


Serviço de Psicologia:

É um espaço de consulta psicológica individual de apoio a crianças, adolescentes, adultos e famílias de forma a superar situações de bloqueio de expressão, da realização ou da organização em situações de crise ou dificuldade.

Serviço de Atendimento e Acompanhamento Social:
Espaço que se destina a informar, orientar e apoiar os indivíduos e famílias carenciadas promovendo a sua integração socio-económica; o técnico faz também o atendimento e acompanhamento de casos de RSI (Rendimento Social de Inserção) e Acção Social, colaborando também na elaboração de informações sociais para a CPCJ.

Grupo de Intervenção Doméstica 2
Este programa destina-se a beneficiárias de Rendimento Social de Inserção e de Acção Social da freguesia de Santa Maria da Feira e tem como principal objectivo a promoção de competências de gestão e organização doméstica e contou com a participação de 16 beneficiárias.
Partindo da avaliação elaborada no 1º Programa urge a necessidade de alargar para outros domínios de acção com outras temáticas no cronograma do Programa. Assim, o 2º Programa de Intervenção Doméstica contou com o alargamento de mais cinco sessões e a presença de diferentes Técnicos que desempenham o seu trabalho no diferente ramo do conhecimento científico.

Desta forma, os temas propostos e os Técnicos que dinamizaram as diferentes sessões foram: Toxicodependências com a presença de uma Técnica do CRI, Dra. Teresa; Direito das Crianças com a presença do Presidente da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens em Risco; Formação Parental com a presença da Dra. Margarida do “Abrigo”, Direitos das Mulheres Vs. Violência Doméstica com a presença da Dra. Amélia do Espaço Trevo e Práticas Desportivas com a presença do Professor Francisco do Movimento Bem-Estar. As beneficiárias que participaram no 1º Programa de Intervenção Doméstica puderam participar nestas sessões, sendo que, a sessão sobre Direitos da Criança foi alargada aos utentes e famílias que frequentam a Associação de Alcoólicos Recuperados