Grupo de inter-ajuda

Grupo de inter-ajuda

Para além desta nova nomenclatura que substituí a anterior (grupo de auto-ajuda para esposas) são introduzidas algumas fotografias
O Grupo de Inter-Ajuda para Esposas ou Companheiras é formado por esposas ou companheiras de doentes alcoólicos que estão a ser acompanhados pela Associação de Alcoólicos Recuperados do Concelho de Santa Maria da Feira.
A ideia da criação de um Grupo de Inter-Ajuda para Esposas e Companheiras brotou por força de uma manifestação do (in)consciente de uma esposa durante a reunião de Auto-Ajuda para doentes alcoólicos: só se fala no sofrimento das mulheres alcoólicas e não se fala nas mulheres dos alcoólicos que também sofrem.

Esta manifestação do (in)consciente conduziu a AARSMF a pensar em actuar mais sistemicamente e directamente com as esposas ou companheiras de doentes alcoólicos.
Assim, o Grupo de Inter-Ajuda para Esposas ou Companheiras é um espaço de partilha de experiências de vida, de criação de laços de solidariedade e de relações de confiança que visam através da informação e de troca de opiniões, restabelecer a auto-estima, fortalecer a capacidade de tomar decisões e de adquirir autonomia. Pretende-se com a exteriorização de sentimentos, medos, tristezas, anseios e alegrias que as esposas ou companheiras adquirem um conjunto de saberes-fazer que as permitam lidar com o alcoolismo dos maridos sem descorarem o papel de mãe e mulher.
O grupo reúne-se uma vez por semana em dia e horário fixo (3º feiras das 20h30 às 22h) no núcleo de S.Paio de Oleiros e a participação é voluntária, havendo um período no qual se aceitam novas inscrições.Findo esse período não se aceitam mais inscrições salvo casos eventuais e discutidos previamente com o Grupo que ditam o seu parecer quanto a entrada de um novo elemento.
Desta forma, é um Grupo fechado, isto é, não permite a entrada de novos elementos no decorrer das sessões. Existe também um Regulamento Interno que regula as formas de funcionamento do grupo; os critérios de admissibilidade ao Grupo; critérios de suspensão da frequência das reuniões e os critérios que levam ao Concílio de Mulheres.

O grupo de inter-ajuda para esposas ou companheiras já passou por 3 períodos distintos:

1) Março 2004 a Junho 2004: fase experimentar do grupo dinamizado por uma esposa de um doente alcoólico onde as esposas ou companheiras partiam das suas experiências para aprenderem a lidar com o alcoolismo dos maridos sem intervenção de um Dinamizador de grupo;

2) Outubro 2005 a Janeiro 2007: grupo constituído por 8 elementos a quem foi dado o nome de “Renascer de Novo” com a intervenção de um Dinamizador de grupo. Tiveram um papel activo no grupo e na realização de actividades na AARSMF: Festa de Natal, participação no V Encontro de Doentes Alcoólicos, Desfolhada, S. Martinho e S. João.

3) Setembro 2009 ao presente: grupo constituído por 8 elementos no qual escolheram o nome de “Caminhada” com a intervenção de um Dinamizador de grupo. Participaram na Festa de Natal da AARSMF e na tradicional Feira de Colectividades de S.Paio de Oleiros sendo que para Setembro serão elementos activos num novo projecto da AARSMF.

São reuniões com um carácter interactivo e informal cujo objectivo principal é criar um espaço de partilha das experiências de vida, de reestruturação cognitiva e emocional, de redefinição de papéis familiares, de desenvolvimento de auto-estima e auto-conceito, elementos estes que foram muitas vezes reprimidos com a partilha na relação com o companheiro alcoólico. Estas reuniões ocorrem a Terça-feira nas instalações do antigo hospital em São Paio de Oleiros pelas 20:30h.